Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cremepimenta

Qua | 25.03.15

Das culpas da mãe

Ser mãe é também um constante estado de ansiedade de culpa(s).
Esta mãe ontem sentiu-se culpada porque se esqueceu da fadinha do dente e teve de inventar/improvisar uma prenda com o que tinha em casa, quebrando a tradição da colecção de livros que vinha mantendo até agora.
Hoje esta mãe sente-se culpada porque as noites com insónias, mais a casa de pernas p'ro ar por causa das obras, aliada à pressa ditada pelo dia mais stressante no trabalho fazem com que a manhã comece com momentos de ira e discussão com a criatura pequena da casa que, por muitos beijinhos e sorrisos que nos dê ao chegar à escola, com a certeza que está bem e já passou, me deixam com o coração apertadinho até
à hora de a ir buscar.
Depois também há o sentimento de culpa com a bebé embutida. Seja porque me esqueço de fotografar a barriga ou de falar com ela (mas também passa o dia a ouvir-me, será que me quer mesmo a cantar ou dizer baboseiras?).
Enfim, hoje deu-me para isto.