Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cremepimenta

Sex | 31.03.17

DIY* | Os coelhos que nascem de ovos

Depois de ter andado dois dias a pensar no que me fui meter, em duas noites depois do jantar, eu a C. conseguimos concluir, com êxito a missão.

coelhos colagem.png

E atendendo a que estamos a um passo das férias da Páscoa, este foi o mote: coelhos e ovos. Embora nunca tenha entendido bem esta ligação, parece que provei que sim, afinal os coelhos podem nascer de ovos :)

E como este é um projecto bem giro e económico, que ainda vão a tempo de fazer para a Páscoa ;). Todo o material, que comprei na Tiger, excepto a cola que tinha em casa, custou-me 8 euros e deu para fazer 30 coelhinhos!

Deixo uma espécie de tutorial para o projecto que baptizei como Coelhinhos dos Ovos.

materiais.png

A base dos coelho são os ovos de plástico, que como mostro na foto já têm furinhos tanto em cima como em baixo, facilitando a passagem dos pipe cleaners que formam as orelhas e os pés. Basicamente, para as orelhas é passar o pipe cleaner pelos furos deixando metade para cada lado e dobrar formando as orelhas e enrolando para fixar. O processo para os pés é o mesmo, mas usando apenas metade do pipe cleaner.

O rabinho fiz colando um pompom com cola quente.

As caras foram desenhadas (pela C., eu apenas fiz a primeira para servir de molde) com marcador de tinta permanente.

E está pronto.

coelhinhos.png

Fizemos 30 que era a quantidade de ovos de plástico que comprei. Ainda sobraram muitos pipe cleaners de várias cores e alguns pompons.

Depois podem "rechear" o ovo com o que quiserem, nós colocámos dois bombons em cada (Páscoa é chocolate certo?).

Os nossos coelhinhos viajaram até à escola numa cesta de verga (das muitas que habitam cá por casa).

Ora, não sei se se lembram a esta altura, mas estes coelhinhos foram feitos para oferecer aos coleguinhas de turma no âmbito da Semana da Leitura, em que fui à escola ler um livro à turma da C.

E qual foi o livro que ela escolheu?

livro.png

«Cantigas e Cantigos para Formigas e Formigos», do José Fanha.

Já o temos há alguns anos, comprei-o andava ela na pré, e continua a ser um dos preferidos dela, e muitos dos versos já ajudaram a adormecer as duas miúdas cá de casa.

É um livro divertido, com alguns versos "marotos" e lengalengas que nos provam que conseguimos fazer música só com a nossa voz e as palavras certas.

E fez os coleguinhas da C. rir em vários momentos.

Missão cumprida.

 

*projecto inspirado nesta ideia que encontrei no Pinterest

1 comentário

Comentar post