Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

cremepimenta

Qui | 21.09.17

Da (minha) falta de tempo

CremePimenta
É basicamente disto que vos venho falar. Da falta de tempo. Minha. Setembro sempre foi para mim mês de inícios. De cheiro de livros novos, da excitação de saber horários, turmas e afins. Depois veio o trabalho e Setembro passou a ser de volta ao trabalho (férias em Agosto. Sempre e por imposição). Mas depois veio a C. que teimosamente quis nascer ainda em Setembro. E Setembro passou a ser dela. De pensar no aniversário dela e agora, desde que começou a escola primária, (...)
Ter | 12.09.17

Como destruir a autoestima de uma mãe em 5 segundos... [#2]

CremePimenta
{Todos já conhecemos a sinceridade e sentido de oportunidade das crianças}   Esta mãe que vos escreve fez um upgrade à imagem (ou cada vez está mais pitosga) e mudou os óculos. Filha mais velha foi a primeira a ver-me com o novo acessório poucos minutos depois de sair da óptica, passando-se o seguinte diálogo: C.: Que óculos são esses?! Eu [com riso parvo que temos quando (...)
Sex | 01.09.17

Dos níveis de teimosia

CremePimenta
Como se poderá medir os níveis de teimosia das crianças? Pelo facto de "não" ser das primeiras palavras que aprende e das que mais usa desde então? Ou da expressão "é meu/minha/da Mila*" seguir a mesma lógica? Ou o "não queió" estar sempre na ponta da língua? Será pelo facto de com, 2 anos e poucos meses, já me responder "não queió éssa 'misola, queió a da Minnie"? Ou será pelo facto de insistir em andar com os chinelos de dedo de toda a família, excepto os que são, de (...)
Ter | 20.06.17

O seu ao seu género

CremePimenta
Das pérolas da minha miúda mais velha... A semana passada, perguntava-lhe se ela queria ir comigo à esteticista, ela perguntou-me o que eu ia fazer, respondi "a depilação". Resposta pronta, acompanhada de sorriso maroto: "Não, não, tu não podes fazer a dePILAção, tu tens de fazer a dePIPIlação" C. 8 anos. Temo pela parvalheira dos próximos anos :)
Seg | 29.05.17

Faz hoje dois anos...

CremePimenta
...era sexta e eu acordei "esquisita". Apetecia-me tomar o pequeno-almoço à beira mar, mas depois de deixar a miúda na escola e apanhar a minha mãe para companhia, o mal-estar não me deixou chegar perto da praia. Fiquei-me pelo pequeno-almoço no concelho vizinho e regressei a casa para mais um dia típico desde que tinha entrado de baixa: dormitar num percurso que se limitava entre o sofá e a cama e a hora de ir buscar novamente a miúda à escola (que ter a mãe em casa é bom, mas (...)
Qua | 24.05.17

As manhãs são o aquecimento das mães, certo?

CremePimenta
As manhãs! Esse belo tempo em que acordamos, tomamos um banho e de seguida o pequeno-almoço enquanto vamos vendo ou lendo as notícias do mundo...ah espera...afinal não. As manhãs! Aquele momento em que nos zangamos com o despertador/telemóvel/rádio (riscar o que não interessa) ou whatever you use para acordar e, depois de alguns segundos de confusão mental, primeiro sobre que dia da semana é e em qual das camas da casa estamos a acordar, saltamos da cama porque nos lembramos da (...)
Qui | 11.05.17

O marketing para crianças que vira obsessão de adultos

CremePimenta
Já por cá partilhei o meu fascínio pelo marketing. E se há acções que considero serem um tiro ao lado, outras há que acertam em cheio. E aqui introduzo a temática do marketing direccionado às crianças, mas que na verdade, quer atrair os adultos. Nos últimos tempos, os supermercados têm lançado campanhas que apelam às crianças que, inevitavelmente, arrastam os pais. Ele é peluches, miniaturas de produtos do dia-a-dia, cartas, etc e tal. A lista é grande. E se reconheço que (...)
Qua | 03.05.17

Um dia...

CremePimenta
...vais buscar a miúda à avó e percebes que andou de pijama todo o dia. Incluindo na ida ao café. Ontem foi o dia. Agora devo fazer o mea-culpa: ninguém te manda, Mãe Joana, aproveitares para pijama as leggings velhotas herdadas da mais velha em terceira mão para combinar com a camisola de pijama, também ela herdada e já desemparceirada das respectivas calças.
Sex | 28.04.17

O que aprendemos através dos nossos filhos

CremePimenta
Lembra-me o Facebook que, há precisamente 6 anos (!), partilhei o seguinte: Aprendi esta manhã no ZigZag* (programa infantil da RTP2 pra quem não piquinitos), que gastamos menos energia a sorrir do que a franzir as sobrancelhas! Aprendam também... Informação altamente relevante, que achei importante partilhar.   *à altura não havia canal Panda e afins lá por casa :)
Qui | 20.04.17

Do tempo para nós

CremePimenta
Nós mulheres e mães, perdemo-nos muitas vezes de nós mesmas. Com a vida, o trabalho, os filhos, a casa. Eu não sou diferente. Aqui me confesso de que, depois de nascer a minha primeira filha, demorei algum tempo até me lembrar que tinha de cuidar de mim e isso reflectiu-se, por exemplo, no tempo que decorreu sem voltar à minha esteticista do coração (também não cheguei ao ponto de poder pentear os pêlos que costumo arrancar, vá). Mas foi uma lição. Na segunda volta, estava (...)
Ter | 04.04.17

Amor de avó é surdo

CremePimenta
Já todos sabemos que o amor é cego, mas ontem tive a certeza que o amor de avó é também surdo. Miúda acabada de chegar da aula de música e piano, entusiasmada com as canções que está a treinar para tocar no recital futuro. E, abençoada miúda, esforça-se mas, benzá'Deus é desafinada tal como sua mãezinha, minha pessoa*. A carga genética é tramada e de mim herdou também a falta de jeito para o desenho. Ora, comentário da avó: "Ela tem jeito, canta muito bem!" Em defesa (...)
Sex | 31.03.17

DIY* | Os coelhos que nascem de ovos

CremePimenta
Depois de ter andado dois dias a pensar no que me fui meter, em duas noites depois do jantar, eu a C. conseguimos concluir, com êxito a missão. E atendendo a que estamos a um passo das férias da Páscoa, este foi o mote: coelhos e ovos. Embora nunca tenha entendido bem esta ligação, parece que provei que sim, afinal os coelhos podem nascer de ovos :) E como este é um projecto bem giro e (...)
Seg | 27.03.17

Onde me fui meter?

CremePimenta
Sou perita em "me meter" em situações das quais não sei bem como vou sair, mas lá acabo por encontrar uma solução (as prendas handmade são disso exemplo)*. Esta é a Semana da Leitura na escola da C., pelo que, na quinta-feira, vou à sala de aula ler uma história à turma dela. Hoje, quando a fui buscar disse-me o seguinte: "Sabes, as mães que foram hoje ler uma história trouxeram prendas (...)