Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Creme Pimenta

Ter | 26.03.13

Sabedoria infantil

Ontem o seu novo boneco (o Macaquinho Vermelho lindo e fofo que o pai trouxe e é irmão do Açores que já por cá apresentei) teve estreia na escola. Quando a fui buscar à escola chovia bastante (aliás ontem não parou de chover) e, já dentro do carro, ela ficou triste porque o Macaquinho estava "muito 'moiado".
Aqui a mãe disse: "Quando chegares a casa da avó M. sentas o Macaquinho perto da lareira que ele seca".
Resposta rápida e pronta: "Perto da 'laleira não mãe que ele queima-se".
Ora toma lá um bocadinho de sabedoria infantil a ver se aprendes que as lareiras são perigosas.
Ter | 26.03.13

Sabedoria infantil

Ontem o seu novo boneco (o Macaquinho Vermelho lindo e fofo que o pai trouxe e é irmão do Açores que já por cá apresentei) teve estreia na escola. Quando a fui buscar à escola chovia bastante (aliás ontem não parou de chover) e, já dentro do carro, ela ficou triste porque o Macaquinho estava "muito 'moiado".
Aqui a mãe disse: "Quando chegares a casa da avó M. sentas o Macaquinho perto da lareira que ele seca".
Resposta rápida e pronta: "Perto da 'laleira não mãe que ele queima-se".
Ora toma lá um bocadinho de sabedoria infantil a ver se aprendes que as lareiras são perigosas.
Seg | 25.03.13

Por cá no Mercado Municipal...

Há boas oportunidades nos marcados municipais:


Seg | 25.03.13

Por cá no Mercado Municipal...

Há boas oportunidades nos marcados municipais:


Qui | 21.03.13

Experiências doces

Sugeria-me uma amiga que criasse um rubrica semanal com as minhas experiências culinárias e respectivas receitas...pareceu-me uma boa ideia.
Então este fim-de-semana (já a pensar na ementa da Páscoa), aventurei-me numa receita de Farófias no Forno. Confesso que nunca tinha provado sequer, portanto não sabia bem qual seria o resultado final, mas doces com ovos eu gosto de certeza e pareceu-me uma boa forma de usar os (muitos) ovos que tenho por casa.
E aqui está (o que sobrou de quando me lembrei de tirar foto, ainda por cima desfocada). A repetir!
 
Receita? (apresenta uma ligeiramente diferente da que fiz, porque acho que estas alterações que pesquisei dão um resultado melhor)

Farófias no Forno


6 ovos
8 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de farinha Maizena
3 dl de leite
canela em pó para polvilhar

Bate-se as claras em castelo e junta-se-lhes 5 colheres de açúcar (a receitaoriginal diz 6), batendo sempre até ficarem firmes e brilhantes.
Num recipiente que possa ir ao forno, dispõe-se as claras em colheradas de maneira a que fiquem pequenos montes e leva-se ao forno
(pré-aquecido a 180ºC) durante cerca de 10 minutos (até ficarem com douradas por cima). Reserva-se.
Num tacho, mistura-se o restante açúcar com a farinha Maizena.
Junta-se as gemas e mistura-se bem.
Junta-se o leite, em fio, e envolve-se bem.
Leva-se a lume brando, mexendo sempre para não pegar, até engrossar um pouco. Pode juntar a este preparado 1 casca de limão para dar sabor e assim que começar a engrossar o creme está pronto.

Retira-se de imediato do lume e rega-se o preparado das claras.
Polvilhar com canela (opcional). Servir fresco.
 
Qui | 21.03.13

Experiências doces

Sugeria-me uma amiga que criasse um rubrica semanal com as minhas experiências culinárias e respectivas receitas...pareceu-me uma boa ideia.
Então este fim-de-semana (já a pensar na ementa da Páscoa), aventurei-me numa receita de Farófias no Forno. Confesso que nunca tinha provado sequer, portanto não sabia bem qual seria o resultado final, mas doces com ovos eu gosto de certeza e pareceu-me uma boa forma de usar os (muitos) ovos que tenho por casa.
E aqui está (o que sobrou de quando me lembrei de tirar foto, ainda por cima desfocada). A repetir!
 
Receita? (apresenta uma ligeiramente diferente da que fiz, porque acho que estas alterações que pesquisei dão um resultado melhor)

Farófias no Forno


6 ovos
8 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de farinha Maizena
3 dl de leite
canela em pó para polvilhar

Bate-se as claras em castelo e junta-se-lhes 5 colheres de açúcar (a receita original diz 6), batendo sempre até ficarem firmes e brilhantes.
Num recipiente que possa ir ao forno, dispõe-se as claras em colheradas de maneira a que fiquem pequenos montes e leva-se ao forno
(pré-aquecido a 180ºC) durante cerca de 10 minutos (até ficarem com douradas por cima). Reserva-se.
Num tacho, mistura-se o restante açúcar com a farinha Maizena.
Junta-se as gemas e mistura-se bem.
Junta-se o leite, em fio, e envolve-se bem.
Leva-se a lume brando, mexendo sempre para não pegar, até engrossar um pouco. Pode juntar a este preparado 1 casca de limão para dar sabor e assim que começar a engrossar o creme está pronto.

Retira-se de imediato do lume e rega-se o preparado das claras.
Polvilhar com canela (opcional). Servir fresco.
 
Qui | 21.03.13

Dos (meus) filmes de sempre

Esta semana dei por mim a (re)ver parte do filme "O Terminal" e pensei que realmente há filmes que ficam para sempre e se podem ver várias vezes que encontramos sempre uma nova interpretação ou sentido em tudo aquilo.


A par deste, lembrei-me de outro que, há (muitos) anos, vi várias vezes ao ponto de saber falas de cor..."Forrest Gump".
Não sei bem porquê, mas este filme dá-me arrepios e emociona-me como poucos outros. E sim, para mim continua especial ainda hoje. E as músicas??? Emocionam-me sempre.
Denominador comum é o Tom Hanks. Sim, adoro os filmes dele. Manias, como outra qualquer.
Talvez pudesse acrescentar aqui a "Lagoa Azul" (o primeiro), pelo qual também passei os olhos no outro dia, mas num patamar diferente.

Pág. 1/7