Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Creme Pimenta

Sex | 13.02.15

6/52 semanas | Uma princesa

Hoje escoltei uma Barbie Princesa de casa do Palácio até à escola Castelo do Reino das Fadas:
- "Faz de conta que o carro é uma carruagem puxada por cavalos, 'tá bem mãe?"
Claro filha sua alteza. Por ti, e para ti, o Carnaval tem outra magia.

Qui | 12.02.15

Conversa que devia gravar para memória futura

Hoje de manhã, ao sairmos para a escola tivemos esta conversa:
C.: "Dia 14 é Dia dos Namorados".
Eu: "E tu, tens namorado?"
C.: "Ainda não."
- breve silêncio -
C.: "Isso é só quando somos mais crescidas, sabes?"
- breve silêncio -
C.: "E quando crescer vou ser médica das crianças..."

Há conversas que eu devia gravar para memória futura!
Qua | 11.02.15

A saga do fato de Carnaval

Entre a próxima sexta-feira e a terça de Carnaval, a minha filha tem 3 festas de máscaras.
Assim, no sábado fomos em busca do fato de Carnaval deste ano para a miúda (que por ela vestia o do ano passado ou até do anterior). Apaixonou-se por uma espécie de "barbie princesa", mas aqui a mãe torceu logo o nariz ao único tamanho disponível: 3-5 anos.Pronto, sem alternativa lá o trouxemos, com indicação da senhora que iria ter o número acima, caso necessário.
Chegadas a casa, a animação era tal que tivemos de experimentar e, claro está, o vestido está apertado. Ou melhor, para levar roupa por baixo (sim porque ao ver as reportagens de carnavais por esse país fora podemos ter dúvidas, mas não, não estamos no Brasil e sim estamos em pleno Inverno frio comó'caraças) o vestido, pura e simplesmente não fecha.
Ultrapassado o choque inicial da nossa pequena drama queen, estava eu a tomar o pequeno-almoço na segunda-feira, quando ela chega à cozinha de vestido na mão:
"Isto diz aqui que é para 3-5 anos. Vais à loja e dizes à senhora:
- A Carlota tem 6 anos, por isso precisa de um vestido para 6 anos".
Ter | 10.02.15

Por momentos pensei que estava a chegar à Primavera

A natureza tem o condão de nos apresentar pequenas surpresas, coisas simples que nos deixam de sorriso no rosto.
Hoje, ao sair do trabalho bem perto das 19h, já noite cerrada, caminhava  até ao carro, junto ao Jardim quando comecei a ouvir os pássaros cantarem uma canção que parecia uma espécie de Primavera anunciada.
Gostei.
Sex | 06.02.15

Brinquedos de infâncias partilhadas

Lembram-se das Polly Pocket, as verdadeiras?
Quando eu era criança, tanto as bonecas como as suas casas (e cidades) tinham o tamanho apropriado ao seu nome, ou seja, cabiam no bolso.
Estas sobreviveram à minha infância e são agora da minha filha que gosta bastante de brincar com elas.


A C. também tem algumas das mais actuais, mas continua a gostar mais das velhinhas.
Da minha infância também sobreviveram Legos com que a minha filha ainda brinca, mas estas, por já não existirem têm um lugar especial.
Tenho de fotografar também as colecções de livros, alguns com mais de 30 anos, que vivem lá por casa, agora na "biblioteca" da minha filha.