Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Creme Pimenta

Ter | 02.10.18

Dos níveis de teimosia #3 [aviso: vamos falar de xixi e cocó]

CremePimenta
Camila chega a casa vinda da escola e quer fazer xixi. A avó M. pergunta se quer o redutor ou faz no pote. A mãe - eu - diz que a Camila já não tem idade para usar o pote, é crescida e por isso o pote vai para casa da avó A. para os primos. "Não, o pote não vai para os primos", diz a Camila, qeu faz o seu xixi na sanita com redutor. Menos de uma hora depois, a avó M. liga-me com um recado... pois que, andava ela em arrumações, e ouviu a Camila a chamar. Foi dar com ela na casa (...)
Ter | 24.04.18

E o vento senhores?! Aquele vento...

CremePimenta
Eu nem vou fazer comentários ao aspecto magnífico da Kate poucas horas depois do parto, porque acho que cara de felicidade todas nós temos nas primeiras horas de um filho recém-nascido. Nem do facto de ela estar em pé, impecavelmente vestida como eu só me arranjo papara uma festa, a descer escadas sem ajuda de salto alto no pé. Repito. Poucas horas depois do parto. Para mim, sempre que se dá este ansiado momento de apresentação de um royal baby, o que me mais me faz confusão é (...)
Qui | 22.03.18

Saídas delas #2

CremePimenta
Dona Baby C. tem muito o hábito de, quando nos rimos de algo que ela fez/disse, responder um "não tem piáda". Mas no outro dia acrescentou algo, de testa franzida: "Não sou um palhaço" 2 anos e 10 meses. Estou - tão - feita.
Seg | 19.03.18

Estamos a ficar preguiçosos

CremePimenta
Hoje já ninguém decora números de telefone. Eles estão todos gravados na memória do telemóvel.Hoje ninguém (ou quase, vá) imprime fotografias. Elas estão na memória do telemóvel, computador, disco externo ou numa nuvem qualquer.Hoje não precisamos de sair de casa para encomendar qualquer produtos de uma qualquer parte do mundo. Dona Internet serve de montra e loja e o produto vem direitinho a nossa casa.Hoje já quase nem precisamos de andar com dinheiro. Podemos fazer (...)
Seg | 26.02.18

Sou só eu?

CremePimenta
Que quando troca vários emails com uma pessoa que não conhece nem nunca viu na vida, ao fim de 4 emails já escreve em tom menos formal, já sorri ao ler a resposta e imagina a pessoa do outro lado como sendo uma amiga? *sim, eu sei, é estranho, mas só acontece quando o assunto é agradável e a conversa me corre de feição ;)