Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Creme Pimenta

Seg | 17.12.18

Versa (s)em Verso | Faltas-me

««Faltas-me»»versa.png

Acordei e tu não estavas aqui.
O teu relógio anunciava a meia-noite. Está frio.
E tu faltas-me.
A cama está fria, como a noite lá fora.
A noite onde te sei longe de mim, talvez longe de nós.
A tua ausência afirma-se. O frio aumenta. A dor.
Projecto no infinito da insónia a vontade de te ter aqui. De volta.
Faltas-me.
Os teus pés quentes para aquecerem os meus.
A luz dos teus olhos para iluminar o quarto escuro.
E frio. Como a noite lá fora.
Espero o raiar do dia para acalmar a tua ausência.
A saudade. A solidão.
Na ausência da luz ou da tua presença escrevo.
Deito palavras ao papel na esperança de as lançar no espaço.
Até ti.
Como numa mensagem guardada na garrafa lançada ao mar.
Espero que a maré cósmica a leve a ti.
Faltas-me.

 

JC_Out'18

«««Também no Facebook e no Instagram»»»